.

Inicialmente é preciso esclarecer o que significa “tratamento de pisos”, muitas vezes somos chamados para restaurar pisos desgastados ou reparar rachaduras. Não realizamos estes serviços. O que podemos fazer é dar uma aparência melhor e proteger, a partir do momento do tratamento, estancando o processo de desgaste.

Os pisos basicamente são divididos em duas categorias:

Frios – granitos, mármores, cerâmicas, granilite, cimentos, ardósia, basalto, granitinas e outros tipos de pedras;

Quentes – Vinílicos tipo paviflex e madeiras. A única ressalva são as áreas externas que não recebem tratamento por estarem expostas as intempéries. Ver outras possibilidades no final da matéria.

Uma vez identificado se o piso recebe tratamento, passamos a conhecer as etapas necessárias:

Remoção – Primeiro e talvez a mais importante etapa, é remover todos os tipos de sujidade presentes no piso devolvendo seu estado original, para este procedimento são utilizados produtos removedores de ceras e bases seladoras antigas e outros limpadores de acordo com o tipo de sujeira encontrada, porém cabe destacar que sempre serão produtos totalmente biodegradáveis e completamente seguros para o usuário.

Selagem – É imprescindível que a primeira camada de base seladora seja aplicada com a máxima qualidade, pois é responsável pelo fechamento dos poros do piso, por ter na sua formulação polímeros com partículas de maior tamanho, propiciando assim o preenchimento e nivelando a superfície.

Impermeabilização – É aplicação do que antigamente chamávamos de cera, atualmente são polímeros acrílicos a base d’água que formam um filme protegendo o piso do atrito diário e de toda a sujidade trazida pela sola dos calçados e embelezam o ambiente, lembrando que “brilho” é o reflexo da luz sobre a superfície, portanto quanto mais nivelada estiver, maior o grau de brilho.

Tratamento finalizado. Acabou?

Não. Agora precisamos proteger e manter o investimento. A manutenção preventiva deve levar em conta o nível de circulação do ambiente, a exposição a fatores como poeira, fuligem, etc… e o tipo de negócio do cliente. Porém é bastante simples, diariamente pode ser úmida com o uso de mops – bruxas ou seca removendo as partículas sólidas de sujeira com o uso do mop pó – vassourão. Naturalmente acontecerão alguns riscos no filme e o piso sofrerá o desgaste natural pelo tempo, nestes casos basta entrar em contato conosco que nossos técnicos prontamente orientarão sobre qual procedimento adotar, levando em conta as particularidades do seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *