.

Se você está pensando em instalar grama sintética em sua casa, apartamento, ou qualquer outro local, com certeza chegou a essa decisão por conta dos benefícios de utilizar este tipo de grama. Mas, antes de comprar grama sintética, é essencial saber   qual o melhor tipo de grama sintética mais indicado para você.

Após encontrar a melhor opção, o próximo passo é a instalar o produto.

Apesar de simples alguns passos devem ser seguidos, a maneira em que o solo é preparado antes de o novo gramado ser colocado é tão importante quanto a instalação em si, Se você quer ter o melhor custo benefício de seu investimento precisará fazer alguns preparativos antes da instalação, sendo assim, certifique-se de seguir estas etapas para garantir um processo sem preocupações,

Confira!

IDENTIFICANDO O TIPO DE SOLO

Antes de fazer qualquer outra coisa no local de instalação, é primordial identificar as condições do solo e tipo de solo em que você fará a instalação ajudará a determinar o nivelamento e a necessidade de drenagem, ou ainda o tipo de areia ou pedra que precisará ser adicionado. Fazer este levantamento inicial é a parte mais importante de todo o processo, vai determinar o acabamento e a durabilidade de sua instalação.

ELIMINE PLANTAÇÕES ANTIGAS

Depois de preparar o solo, agora é hora de retirar ervas daninhas, gramas naturais e qualquer outro tipo de plantação existente no local, existe a possibilidade de que essas plantas cresçam através da camada de grama sintética e que com o tempo isso danifique o material, inclusive fazendo com que ele se desprenda do solo.

Para uma remoção eficaz é necessário remover as raízes a uma profundidade de 50 mm, o que exigirá o uso de um Firmino (uma ferramenta de jardinagem própria para a remoção de gramas e ervas daninhas pela raiz).

NIVELE O SOLO E AVALIE A NECESSIDADE DE DRENAGEM

Para que a instalação seja feita com qualidade, é importante que o local de instalação seja o mais plano possível. Isso ocorre porque a terra irregular pode criar pequenas montanhas ou declives que podem danificar a grama sintética.

Os sistemas de drenagem para grama sintética variam de acordo com as necessidades do local, uma vez que a grama sintética é 100% permeável, para garantir que o seu projeto continue perfeito depois de instalado é importante instalar um sistema para permitir que a água se infiltre pelo fundo da grama e seja drenada através da camada de base para a terra.

COMPACTAÇÃO DO PISO

Com um sistema de drenagem já instalado é necessário preparar o solo para receber a grama sintética. Esse preparo vai depender do local da instalação. Se o solo for constituído principalmente à base de areia será necessária a construção de uma base de instalação com 50 mm de areia refinada.

Isso geralmente exigirá cerca de 80 kg de areia por metro quadrado. Se, no entanto, as condições do solo forem mais baseadas em argila e a drenagem for restrita, pode ser necessário adicionar uma sub-base de camada de pedra adicional. Isto consistirá em uma pedra padrão tipo 1, com uma profundidade de 50-100 mm.

Com a areia ou pedra colocada, a superfície precisa ser compactada para criar uma base estável para a grama sintética, isso pode ser feito com um rolo de jardim que é específico para o serviço.

FINALIZANDO A PREPARAÇÃO

Cubra a área da aplicação com uma geomembrana, ou lona fina para evitar o crescimento de gramas e ervas daninhas, lembrando de fazer pequenas perfurações para auxiliar na drenagem. Pronto agora o terreno está pronto para receber a grama sintética de sua escolha.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *